Frida e Badock, amores da mamãe!
Olá! Sejam todos muito bem vindos ao blog Patógrafo. Podem entrar que o "canil" é de vocês. Sou mais uma apaixonada por cães e criei este blog Patógrafo (para quem não sabe, patógrafo significa autógrafo de cães...rs rs rs...) para falar mais desses seres maravilhosos e queridos! Então, participem, opinem e debatam nesse "canil" aconchegante!
Lambeijos...

terça-feira, 5 de julho de 2011

Namoro: Cachorra inflável para cães


Quem tem cão já deve ter passado por momentos não tão convenientes vendo o mesmo tentando um ‘namoro’ com a perna de uma visita. Pensando em sanar este inconveniente, Marco Giroto inventou a Doggie-LoverDoll, uma espécie de boneca inflável para caninos, feita de borracha macia e material super resistente. Deu tão certo que a empresa de Marco já exporta o produto para países como Alemanha, Estados Unidos, China e outros. Por enquanto, a cadela inflável só está disponível no tamanho pequeno e custa R$ 260.

A advogada Paula Martins passou por uma experiência inesquecível, quando recebia em sua casa uma amiga que trazia o noivo europeu para apresentá-la. Zeca, o poodle de 4 anos, se apaixonou pelo rapaz: onde quer que ele fosse, o cachorrinho se pendurava na perna do noivo e não largava por nada.

— Ele nunca cruzou, mas não costumava fazer isso com qualquer pessoa ou a qualquer hora. Fiquei muito envergonhada — contou Paula.

Mas, dependendo do caso, a boneca pode trazer mais dor de cabeça do que solução, alerta a veterinária
Mariana Cardozo Pereira.

— Um cão com um comortamento obsessivo deveria ser castrado. Ele pode se ferir com objetos e até mes-
mo com a boneca. Às vezes, encontramos soluções que são mais adequadas para o ser humano do que para o animal — disse Mariana Cardozo Pereira.

Fonte: www.portaldacinofilia.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário