Frida e Badock, amores da mamãe!
Olá! Sejam todos muito bem vindos ao blog Patógrafo. Podem entrar que o "canil" é de vocês. Sou mais uma apaixonada por cães e criei este blog Patógrafo (para quem não sabe, patógrafo significa autógrafo de cães...rs rs rs...) para falar mais desses seres maravilhosos e queridos! Então, participem, opinem e debatam nesse "canil" aconchegante!
Lambeijos...

segunda-feira, 27 de junho de 2011

Consultor dará aulas gratuitas de Agility Show

Habilidade e muita obediência são adquiridas pelo cão na prática do novo esporte que chega a Fortaleza

Atravessar túnel e saltar entre asas abertas são alguns dos obstáculos das provas de Agility Show, onde o cão fortalece o vínculo com seu dono enquanto a dupla se exercita/Fotos: Nilton Novaes

O Diário do Nordeste, por meio da Página de Bem-Estar Animal e do Blog Bem-Estar Pet, faz parceria com o Centro de Treinamento Cão Gentil e lança, a partir do dia 6 de julho, no Aterro da Praia de Iracema, aulas gratuitas de Agility Show para cães e seus proprietários. As aulas começam a partir das 19h30 e serão dadas pelo consultor em comportamento animal, Vladinir Maciel, da Cão Gentil, para turmas limitadas a 20 vagas. Segundo Vladinir, o Agility é um excelente esporte para os proprietários e seus cães. Combate o estresse, é relaxante e fortalece o vínculo entre a dupla. "Realmente, é muito prazeroso para ambos. Melhora bastante o relacionamento entre dono e cachorro. O cão passa a gostar mais do dono e este comportamento tem reflexos positivos no dia a dia da convivência. O animal tende a ficar mais obediente e confiante em seu proprietário", afirma ele.

 Border Collie saltando obstáculos/Fotos: Nilton Novaes

Na última edição do Pec Nordeste, Vladinir Maciel fez demonstrações do esporte com seu Border Collie, Jacó. O esporte fortalece o comportamento animal na habilidade em transpor obstáculos, seguindo a orientação do condutor, no caso, o dono.

Túnel aberto ou fechado, pneus, slalon, rampa, passarela, saltos com asas ou em distância, muro e mesa são alguns dos obstáculos no esporte. Em competição oficial, o cão deve fazer o percurso determinado pelo juiz somente na hora da prova. No Brasil, poucas capitais realizam essas provas (São Paulo, Rio de Janeiro, Florianópolis, Recife são algumas delas).

Em Fortaleza, Vladinir quer divulgar o esporte. Com o número maior de cães treinados, poderá viabilizar competições da modalidade futuramente. Por enquanto, o treinamento servirá para as funções de entretenimento. Outra aplicação do esporte. Conforme explica Vladinir, a modalidade tem origem nas provas de hipismo, onde o cavalo aprende a saltar sobre obstáculos, sem derrubá-los. A partir daí, em 1977, na Inglaterra, John Varley, membro do Comitê Cruft Dog Show, e Peter Meanwell, criaram a nova modalidade de esporte canino.

O Border Collie Jacó atende ao comando de seu condutor, Vladinir Maciel, e salta sobre muro durante um dos exercícios de transpor obstáculos sem derrubá-los/Fotos: Nilton Novaes

 Atração
Eles objetivaram oferecer ao público das exposições de cães, uma atração no tempo ocioso entre as apresentações das raças em pista. Várias demonstrações de treinamento de cães foram feitas durante anos, algumas incluíam saltos. A ideia de John Varley era uma competição de saltos, devido a sua conexão com as provas hípicas. De acordo com o Portal Agilidade Canina, John era um excelente empresário e sabia que tipo de evento tinha em mente. Porém, precisaria de uma pessoa para treinar os cães e definir a atividade que buscava. Foi quando solicitou a Peter testes e equipamentos apropriados.

"Com a grande experiência de Peter em treinar cães, adquirida em muitos anos de sucesso com competições Working Trials e de juiz, logo elaborou um plano de princípios básicos. O fator principal que sempre esteve em sua mente foi que deveria ser um evento muito alegre e descontraído, sem perigo aos cães e que tivesse um grande apelo junto ao público. Muitos dos amigos de Peter integraram seu time, e ajudaram a construir os equipamentos", relata o portal.

Vladinir Maciel tem formação em Agility com dois grandes brasileiros campeões mundiais no esporte, José Luiz Filho, com seu Border Collie, Dino; e Bruno Moreno Souza, com a sua também Border, Gaia. Na Cão Gentil, ele tem prontos para as provas o Jacó, outro Border Collie, filho de Dino, e a Pinscher, Catita. Porém, ele garante que todo cão, independentemente se tem raça ou não e do porte, pode ser treinado para o esporte. A partir dos 50 dias de nascido, o animal já pode iniciar o treino.

Obediência
Antes de começarem a saltar os obstáculos, os cães devem aprender os comandos de obediência. Por isto, as aulas gratuitas de Agility serão precedidas por adestramento para os comandos básicos: "junto", "fica", "senta", "deita" e "aqui". Assim, o animal fica pronto para seguir o condutor nas provas de habilidade entre os obstáculos. Para isto, também estará no Aterro da Praia de Iracema o também consultor em comportamento canino, Jackson Maciel, que já participa do Blog Bem-Estar Pet como o "Dr. Disciplina", tirando dúvidas e dando dicas de como melhorar o relacionamento entre proprietários e seus cães.

Para participar das aulas, o proprietário deve manter contato com a redação do jornal, por telefone ou e-mail, ou ainda pelo Blog Bem-Estar Pet. Os cães aptos a participar devem estar vacinados, vermifugados e com controle de pulgas e carrapatos, serem comprovadamente dóceis e socializados entre pessoas e outros cachorros. Além das noites de quartas-feiras, Vladinir Maciel também oferecerá aulas gratuitas de Agility no Centro de Treinamento Cão Gentil, todo sábado, às 14h30min. Os interessados podem ficar com aulas duas vezes por semana.

Mais informações
Aulas gratuitas de Agility Show e obediência para cães, inscrições: (85) 3266.9790/3266.9771/ 9994.4099
anavaleria@diariodonordeste.com.br

Blog bem-estar pet
Veja mais sobre animais de estimação no blog Bem-Estar Pet
http://blogs.diariodonordeste.com.br/bemestarpet  - twitter @valerianfeitosa 

Nenhum comentário:

Postar um comentário