Frida e Badock, amores da mamãe!
Olá! Sejam todos muito bem vindos ao blog Patógrafo. Podem entrar que o "canil" é de vocês. Sou mais uma apaixonada por cães e criei este blog Patógrafo (para quem não sabe, patógrafo significa autógrafo de cães...rs rs rs...) para falar mais desses seres maravilhosos e queridos! Então, participem, opinem e debatam nesse "canil" aconchegante!
Lambeijos...

terça-feira, 19 de julho de 2011

Cadela adota cordeirinho abandonado pela mãe

Uma história curiosa vem chamando a atenção dos moradores.
Em Ijuí, no RS, um cordeirinho é amamentado por uma cadela.

video
 
Negrinho costuma receber a todos saltitante. Depois de fazer algumas graças, o filhote logo se junta a mãe adotiva e sem perder tempo faz o que mais gosta, mamar na cachorra Faísca.

Quando Negrinho nasceu e foi rejeitado pela mãe, logo se encontrou com a cachorra, que ofereceu aconchego e começou a amamentá-lo.

Durante o dia, a cachorra repete o gesto várias vezes. Mas como pode um cão que não tem filhotes ter leite para amamentar um animal de outra espécie? A veterinária Silvane Protti explica que o caso é raro, mas pode acontecer. “A fêmea tem um alto instinto maternal, que aliado ao estímulo psicológico de assumir o filhotinho e o fisiológico, seguem para o cérebro, que ordena a lactação, a produção do leite”.

E tanto amor assim, só poderia também ser retribuído aos donos. “Ele vem, começa a berrar e recebe a gente aos pulinhos esperando a mamadeira e o leitinho”, conta a agricultora Rose Bauer.
Além de mamar na cadela Faísca, o cordeiro recebe também sete mamadeiras por dia.

Fonte: www.g1.globo.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário